Área Restrita

Novidades

Alunas do ensino fundamental realizam prova de Cambridge

As alunas Fernanda Aby Faraj Barros, estudante do 5° ano, e Ana Maria dos Santos Nascimento, 4° ano, da escola Balãozinho Mágico, realizaram os exames de proficiência em inglês, promovidos por centros autorizados no Brasil, e obtiveram ótimos desempenhos. O Young Learners é uma série de testes divertidos e motivadores da língua inglesa, destinados a crianças do ensino fundamental. São três exames – Starters, Movers e Flyers – que são baseados em atividades que proporcionam às crianças uma forma clara para melhorar o inglês.

Essa certificação tem a finalidade de comprovar o nível de conhecimento e desenvoltura dos alunos na língua. As meninas, Fernanda e Ana Maria, afirmam que o resultado positivo do teste se deu devido ao bilíngue intensivo do Balãozinho Mágico, este que adotou o programa TWICE desde 2013.

Segundo Caroline Siqueira, coordenadora do bilíngue na instituição, a metodologia Twice não somente prepara os alunos para a realização de provas de caráter internacional, como o caso dos exames de Cambridge, mas também para a vida toda. “É um conhecimento obtido na infância e perpetuado por toda a vida, ajudando a criança na compreensão de assuntos relacionados ao mundo e também a outras culturas”, disse.

A coordenadora ainda afirma que estudar esse novo idioma logo nos primeiros anos de vida é de suma relevância, pois a criança passa a ter uma fluência cada vez mais cedo, melhorando a pronúncia, ou seja, tornando-a clara e natural, sem vícios de linguagem. “Percebemos que atualmente o domínio de um segundo idioma passou a ser requisito no âmbito acadêmico e profissional, e não mais uma opção. Aprender desde os primeiros anos é importante para que o aluno tenha facilidade e possa aprender naturalmente”, finalizou.

De acordo com Ana Maria, a aquisição de um segundo idioma é ideal para aquelas pessoas que pretendem realizar intercâmbio ou que almejam conhecer outras línguas. “Fazer inglês é importante porque é um conhecimento gerado para a vida inteira, que vai ser passado de geração em geração, além de poder se comunicar com mais facilidade em outros países”, afirmou Ana Maria.

Ambas acreditam que todos deveriam fazer algum curso de idiomas, principalmente inglês, por ser a língua mais falada no mundo. “Eu acho que todos deveriam fazer um curso de idiomas porque, caso eles precisem viajar para fora, não sentirão dificuldade na hora de comprar alguma coisa, de pedir uma comida em restaurante. Sabendo falar, essas pessoas poderão fazer novas amizades e se comunicar por lá”, concluiu Fernanda.